“È morto il disegnatore del mare” – 1

FrancoCaprioli_par_TarquinioCom este título fúnebre, a revista Il Fumetto, uma das mais antigas dedicadas ao estudo, à análise e à divulgação histórica da 9ª Arte, publicou em Março de 1974 um artigo de Mario Basari, comentando o brusco desaparecimento de Franco Caprioli, cerca de um mês antes, e a importância da obra que o genial mestre italiano realizou durante quase quarenta anos de intensa e profícua actividade, numa carreira recheada de obras-primas, destinadas a um público formado por jovens e por amantes da arte e da cultura em geral.

Basari tinha sido redactor do Il Vittorioso, uma das revistas para rapazes onde Caprioli iniciou o seu percurso de ilustrador de fumetti (ou histórias em quadradinhos), e conhecia, portanto, bem a sua personalidade e as suas aptidões artísticas. No artigo onde a sua memória e a sua obra extensa e notável são homenageadas, destaca-se também a magnífica ilustração de Sante D’Amico, outro autor italiano que nutria profunda admiração por Caprioli, embora pertencesse, como Basari, a uma geração diferente, mais jovem e adepta de conceitos e métodos mais vanguardistas.

Os grandes talentos, porém, são como que intemporais e Caprioli já em vida gozava desse estatuto, reconhecido por todos os seus pares como um dos pioneiros da 9ª Arte italiana que mais tinham contribuído para o seu desenvol- vimento e para a sua consagração artística, e que no imediato pós-guerra prosseguiu esse caminho, juntando-se a uma nova e criativa geração que procurou relançar as bases de uma cultura genuinamente italiana, liberta de amarras ideológicas (como as que lhe tinham sido impostas pelo fascismo), em que seriam também beneficiados os espíritos mais juvenis, sedentos de novidades… isto é, abrindo as portas a um novo estilo de jornalismo com histórias em imagens (onde os extensos textos narrativos dariam lugar aos mais aprazíveis balões com diálogos, ou fumetti).

Para Mario Basari, Caprioli era sobretudo o mestre que o tinha fascinado com as suas paisagens e as suas histórias desenroladas em mares distantes e revoltos… o desenhador Il Fumetto 13 - Ilustração - A034-Recoveredque retratava os oceanos como se tivesse nascido agarrado ao leme de uma escuna, quando na realidade crescera e vivera, desde sempre, numa região montanhosa muito distante do mar, onde transformara a casa paterna num refúgio e num santuário, sob o signo de uma precoce vocação artística que desabrochou nesse mundo isolado, arreba- tando-o, nas asas da fantasia, até às paragens mais estranhas e exóticas.

O excelente artigo de Mario Basari, que seguidamente reproduzimos, foi extraído do nº 13 de Il Fumetto (1ª série), editado pela ANAF (Associazione Nazionale Amici del Fumetto). Caprioli deixou o mundo dos vivos, vítima de um fulminante ataque cardíaco, em 8 de Fevereiro desse ano. Dois meses depois, em 5 de Abril, festejaria o seu 62º aniversário…

Na página ao lado deste artigo figura uma bela ilustração de Caprioli, dedicada ao seu grande amigo Sante D’Amico, que colaborava também no Il Vittorioso, tendo por isso acompanhado de perto os últimos anos da carreira do veterano mestre no mais popular semanário juvenil dessa época.

Il Fumetto 13 - Artigo 1

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Le chat dans tous ses états - Gatos... gatinhos e gatarrões! de Catherine Labey

Pour les fans de chats e de tous les animaux en général - Para os amantes de gatos e de todos os animais em geral

largodoscorreios

Largo dos Correios, Portalegre

Interesting Literature

A Library of Literary Interestingness

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

%d bloggers like this: